Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Eleições legislativas arrancam este domingo no Egito

  • 333

Adam Berry/Getty

Primeira fase do ato eleitoral decorre em 14 províncias do país. Resultados só serão conhecidos no início de dezembro

Os egípcios são chamados este domingo a votar um parlamento em 14 das 27 províncias do país, naquelas que são as primeiras eleições desde que a anterior câmara foi dissolvido há três anos.

Nesta primeira fase do ato eleitoral, que decorre entre este domingo e segunda-feira, votam os eleitores de cerca de metade das províncias do Egito, - incluindo a cidade da Alexandria - que escolherão 596 deputados. A segunda fase do sufrágio irá realizar-se nos próximos dias 22 e 23 de novembro.

Apesar das autoridades egípcias defenderem que estas eleições constituem um passo no processo democrático do país, os analistas mostram-se céticos uma vez que a maioria dos candidatos são apoiantes do Presidente Abdul Fattah Khalil Al-Sisi, antigo chefe do Exército, que levou a cabo o golpe militar que afastou Mohamed Morsi do poder, em julho de 2013. Outros candidatos serão ligados por sua vez a figuras do regime autoritário de Hosni Mubarak.

Face ao receio de agitação, o Executivo egípcio ordenou o reforço da segurança com cerca de 185 mil forças das autoridades espalhadas pelo país.

No sábado, o Presidente egípcio apelou aos egípcios para se deslocarem às urnas, garantindo que todo o processo de votação será supervisionado.

“Peço a todos vocês, homens e mulheres, jovens e idosos, agricultores e trabalhadores de todo o país para votarem e escolherem bema a favor do bem do país. Dirijam-se às assembleias de voto e contribuam para a esperança de um futuro brilhante para o nosso novo Egito”, declarou Abdul Al-Sisi, citado pela Reuters.

Os resultados finais só deverão ser conhecidos no dia 2 de dezembro, após a contagem de todos os votos.