Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Sete refugiados morrem após choque de embarcações

  • 333

Entre as vítimas encontram-se três crianças e um recém-nascido, que seguiam a bordo de um barco de madeira que partiu da Turquia. Acidente ocorreu ao largo da ilha grega de Lesbos

Uma embarcação da Guarda Costeira grega colidiu esta quinta-feira com um barco de refugiados ao largo da ilha de Lesbos, causando pelo menos sete mortos.

Entre as vítimas encontram-se três crianças e um recém-nascido, além de um homem e três mulheres. A bordo do barco - que partiu da Turquia - seguiam dezenas de refugiados, sendo que 31 deles foram resgatados, segundo a Reuters.

O bote de madeira ter-se-á afundado pouco depois do choque, de acordo com a Guarda Costeira grega. As más condições climatéricas, sobretudo o vento, terão conduzido à colisão das duas embarcações.

Na quarta-feira, outro barco afundou-se ao largo da ilha grega de Lesbos, causando a morte de uma mulher, uma criança e um bebé.

Só este ano cerca de 400 mil refugiados chegaram à Grécia, de acordo com a Agência da ONU para os Refugiados.

No total, mais de 710 mil cidadãos oriundos sobretudo do Iraque, da Síria e do Afeganistão conseguiram chegar ao território europeu. Durante o percurso morreram ou desapareceram pelo menos 3 mil, segundo a Organização Internacional das Migrações.