Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

México. Adolescente ‘contratado‘ no Facebook mata desconhecido por 1600 euros

  • 333

O crime aconteceu em Tijuana, cidade onde tem aumentado o número de menores recrutados pelos cartéis de narcotraficantes e pelos grupos criminosos

Por cerca de 31.000 pesos – cerca de 1600 euros – um adolescente de 14 anos, recrutado através do Facebook, aceitou assassinar um homem, na cidade de Tijuana. Cumpriu o “contrato” desferindo vários tiros na vítima, que morreu enquanto era socorrido. O rapaz fugiu, mas acabou por ser detido no sábado pela polícia local, com a arma do crime na mão – um revólver de calibre 40.

Segundo contou o adolescente, a pessoa que o contactou detalhou o que devia ser feito e ambos combinaram encontrar-se numa das principais avenidas da cidade, explicou um representante do Ministério Público mexicano, que denunciou a situação.

O rapaz, Ulises Abraham, foi então levado por um motorista de táxi para uma zona conhecida pelos bares e venda de drogas, onde “lhe deram uma arma e identificaram a pessoa que devia matar”, um homem de 35 anos.

Abraham, que aguarda agora julgamento entregue a um departamento de justiça para menores, não conhecia a vítima. Limitou-se a aceitar a tarefa, pelo dinheiro.

As autoridades mexicanas revelaram, a propósito deste caso, que o número de menores ligados a atividades criminais em Tijuana tem aumentado muito nos últimos meses.Quatro outros adolescentes foram detidos na semana pasada, por suposta ligação a vários homicídios na zona este da cidade, sendo comum os cartéis de narcotraficantes e os grupos criminosos que operam no México recrutar menores também para atuarem como espiões e vigiarem os movimentos da polícia nas ruas.