Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Antártida pode perder até 85% da capa de gelo

  • 333

Joe Raedle/ Getty Images

A perda de gelo traduz-se no aumento do nível do mar. A única solução para contrariar o grave impacto do degelo é reduzir a emissão de gases nas próximas décadas

Investigadores da Universidade Victoria de Wellington, na Nova Zelândia, acreditam que o degelo da Antártida provocado pelas alterações climáticas poderá elevar o nível do mar até três metros no ano de 2300, revela hoje a revista "Nature".

Com base em simulações climáticas, o estudo publicado na revista "Nature" revela que, no final deste século, os aquecimentos atmosféricos e oceânicos poderão provocar a perda de 80 a 85% da capa de gelo da Antártida, o que se traduzirá num aumento do nível do mar.

Ainda que seja difícil quantificar com precisão as quantidades de gelo e a subida do nível do mar, a equipa de investigadores elaborou um modelo que contempla diferentes cenários, entre os quais o impacto do homem tendo em conta o desenvolvimento económico ou as novas tecnologias.

Num cenário em que a atuação do homem se mantenha como até agora, a temperatura global poderá aumentar entre oito a dez graus nos próximos três séculos.
Os investigadores sublinham que a única solução para contrariar o grave impacto do degelo da Antártida é reduzindo a emissão de gazes nas próximas décadas.