Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Caçador australiano comeu formigas para sobreviver sem água durante seis dias

  • 333

EPA

Reg Foggerdy perdera-se numa das regiões áridas do interior da Austrália para onde se deslocara para caçar camelos

Um caçador australiano, de 62 anos, conseguiu sobreviver sem água durante seis dias numa das regiões áridas do interior da Austrália, graças a ter comido formigas, anunciaram esta terça-feira as autoridades daquele país.

O antigo mineiro, Reg Foggerdy, fora na passada quarta-feira, ao fim do dia, de carro com o seu irmão até ao Grande Deserto de Victoria, para caçarem camelos, segundo indicou o superintendente da polícia Andy Greatwood, tendo acabado por perder-se.

Após o irmão ter alertado as autoridades, a polícia acabou por vir a encontrá-lo debaixo de uma árvore, esta terça-feira de manhã, a cerca de de 15 quilómetros de distância do local onde se perdera.

“Ele havia passado os últimos dois dias sentado sob uma árvore a comer formigas pretas e isso conseguiu mantê-lo” indicou Greatwood, “quando nós o encontrámos, ele estava extremamente desidratado e desorientado e basicamente num estado de delírio”. “A boa notícia é que estava sentado e a falar”, acrescentou.

Os paramédicos administraram-lhe de imediato fluidos intravenosos e ele recuperou rapidamente. Foi transportado por meios aéreos para um hospital, onde deu entrada em condições estável.

“É provavelmente uma sorte e um milagre que ele tenha sobrevivido durante tanto tempo naquelas condições e sem água”, comentou ainda o superintendente.

Quando se perdeu do irmão num local onde as temperaturas atingem os 37 graus célsius, Foggerdy estava de t-shirt, calções, chinelos e chapéu, não tendo mais nada com ele.