Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Forças iraquianas afirmam ter atingido escolta do líder do Estado Islâmico

  • 333

O estado de saúde de Abu Bakr al-Baghdadi, líder do autoproclamado Estado Islâmico, é ainda desconhecido

As forças de segurança do Iraque afirmaram este domingo ter atingido a escolta do líder do autoproclamado Estado Islâmico Abu Bakr al-Baghdadi, durante um ataque aéreo perto da fronteira iraquiana com a Síria.

"A força aérea iraquiana realizou uma operação histórica ao ter atingido a escolta do terrorista criminoso Abu Bakr al-Baghdadi", indicaram as forças de segurança iraquianas, num comunicado conjunto. "O seu estado de saúde é desconhecido", indicou a mesma nota.

Não é a primeira vez que fontes das forças iraquianas anunciam ter atingido o líder do grupo e a sua eventual morte, mas essas informações normalmente nunca são confirmadas e acabam por ser, posteriormente, negadas.

O comunicado divulgado este domingo precisou que os aviões iraquianos atingiram a escolta que acompanhava Abu Bakr al-Baghdadi, "que ia na direção de Karbala, para participar numa reunião de líderes" do grupo radical sunita. A cidade iraquiana de Karbala está localizada perto do rio Eufrates, a cerca de cinco quilómetros da fronteira com a Síria.

A nota informativa, que não especificou quando o ataque aéreo foi realizado, acrescentou que a operação foi conduzida em coordenação com os serviços de informação do Ministério do Interior iraquiano e o centro de comando de operações, que inclui conselheiros militares da coligação internacional, liderada pelos Estados Unidos.