Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Mais um tiroteio mortal em universidade norte-americana

  • 333

Tiroteio acontece uma semana depois de os Estados Unidos terem sido notícia por um outro tiroteio, ocorrido num campus universitário do Oregon. Na altura, Barack Obama classificou este tipo de notícias como “rotina” - e pediu ao Congresso que faça mais que lamentar

Uma pessoa morreu e três ficaram feridas num tiroteio que ocorreu na madrugada desta sexta-feira na Universidade do Norte do Arizona. O suspeito, um aluno do primeiro ano, já foi detido pela polícia.

O tiroteio ocorreu à 1h20 (9h20 em Portugal), perto dos edifícios que albergam as residências estudantis da universidade. A polícia já revelou que o ataque resultou de um confronto que ocorreu num parque de estacionamento entre dois grupos de estudantes. Ainda não são conhecidos os motivos que levaram à zanga.

O senador do Arizona e ex-candidato presidencial John McCain reagiu de imediato à tragédia, que classificou como “horrível”, em comunicado. Já o governador do Arizona, Doug Doucey, deixou as suas condolências através da sua conta no Twitter.

O tiroteio acontece uma semana depois de os Estados Unidos terem sido notícia por um outro tiroteio, ocorrido num campus universitário do Oregon. Na altura, Barack Obama classificou este tipo de notícias como “rotina”, exigindo que se faça mais do que “lamentar” e que o Congresso permita que se tomem medidas para reduzir o número de mortes no futuro: “Os nossos pensamentos e orações não chegam. Isso não é nada para prevenir este tipo de matança nos EUA, na semana que vem ou daqui a uns meses”.

O presidente norte-americano ainda não se pronunciou sobre o ataque ocorrido esta sexta-feira no Arizona.