Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Grécia e credores chegam a acordo sobre nova série de reformas

  • 333

JOHN MACDOUGALL/REUTERS

Desde o verão, Atenas já recebeu 13 mil milhões de euros. Agora conseguiu desbloquear mais uma tranche de dois mil milhões de euros, que chegará ainda antes do final do ano

A Grécia e os credores da zona euro acordaram esta segunda-feira sobre uma nova série de reformas para que sejam libertados mais dois mil milhões de euros, da ajuda de 86 mil milhões de euros decidida no verão.

"Chegámos a acordo sobre o próximo pacote de medidas que vão ser implementadas, espero que até meados de outubro, para permitir a libertação de dois mil milhões de euros" antes do final do ano, disse hoje em conferência de imprensa, no Luxemburgo, o presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem.
Os credores de Atenas vão realizar uma avaliação ao programa de reforma ainda este mês.

O Eurogrupo fez esta segunda-feira um balanço sobre a implementação das medidas solicitadas a Atenas em troca de ajuda financeira, enquanto o primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, apresentava as grandes linhas da sua política económica e social para os próximos quatro anos no parlamento grego.

Até ao final deste mês, o Governo grego precisar de adotar um orçamento retificativo para 2015, novos cortes nas pensões, uma reforma do imposto sobre os rendimentos e um aumento da carga fiscal dos agricultores.

Desde o verão, Atenas já recebeu 13 mil milhões de euros, mas aquele montante foi utilizado principalmente para reembolsar o Banco Central Europeu.