Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

EUA. Inundações na Carolina do Sul fazem nove mortos

  • 333

Sean Rayford/ Getty images

Milhares de pessoas estão sem energia nem água potável. As chuvadas que têm caído sobre este Estado norte americano desde quinta-feira, mas foi no domingo que provocaram inundações dramáticas e repentinas

O número de mortes causadas por inundações súbitas no Estado norte-americano da Carolina do Sul subiu esta segunda-feira de três para nove, com milhares de pessoas sem energia nem água potável, informou a governadora Nikki Haley.

Residentes abalados procuraram refúgio em abrigos, enquanto as autoridades faziam retiradas de pessoas por via aérea, uma vez que existem centenas de estradas e pontes fechadas ao tráfego.

"Infelizmente, chegámos às nove mortes relacionadas com o mau tempo", disse Haley a jornalistas, nos arredores da capital estadual, Columbia, que foi particularmente atingida.

Cerca de 26 mil pessoas estão sem eletricidade e 40 mil sem água potável, adiantou Haley, que no domingo considerou estas inundações repentinas um acontecimento que ocorre uma vez em cada mil anos.

As chuvadas que têm caído sobre este Estado no sudeste dos EUA desde quinta-feira provocaram no domingo inundações dramáticas e repentinas.

A Cruz Vermelha abriu 30 abrigos no Estado.

As retiradas de pessoas e trabalhos de reparação mobilizaram 25 helicópteros, enquanto em todo o Estado estão 550 estradas e pontes, algumas das quais completamente submergidas, fechadas ao tráfego.

Na histórica cidade costeira de Charleston, que tem uma população de 130 mil pessoas, mais de 900 foram alojadas hoje em 25 centros de emergência.

Haley adiantou que tinha falado com o Presidente Barack Obama e que este tinha declarado o estado federal de emergência, o que permite mais ajuda federal.