Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

59 mortos em avalanche na Guatemala

  • 333

STRINGER/REUTERS

Autoridades descartam hipótese de encontrar mais sobreviventes do acidente, que aconteceu na quinta-feira

As autoridades de resgate da Guatemala descartaram este sábado a hipótese de encontrar mais sobreviventes da avalanche que quinta-feira provocou pelo menos 59 mortos e causou 350 desaparecidos, embora mantenham "a esperança", segundo várias fontes.

O encarregado do posto de controlo da Coordenadora Nacional para a Redução de Desastres (Conred), Sergio Cabañas, explicou que é "mais difícil" uma vítima sobreviver a um desastre como este do que a um terramoto.

Segundo o último relatório do Ministério Público, até ao momento foram resgatados sem vida 59 corpos, dos quais pelo menos sete eram menores de idade e apenas 24 foram identificados.

Por seu lado, a Conred, que avança números mais lentamente devido aos protocolos, aponta para 56 mortos e 26 resgatados com vida.

Para facilitar o trabalho dos familiares, o organismo divulgou uma lista oficial com os nomes.

Desde o início desta tragédia, diversos países, assim como as Nações Unidas, ofereceram o seu apoio e solidariedade à Guatemala, um apoio que as autoridades locais descartaram até ao momento, por o país "ter capacidade".