Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

EUA manifestam oposição ao içar da bandeira palestiniana na ONU

  • 333

Spencer Platt/ Getty Images

Na votação da resolução, os norte-americanos votaram contra tal como outros sete países. O içar da bandeira acabou por ser aprovada com 119 votos a favor. A bandeira da Palestina vai agora ser colocada ao lado da bandeira do Vaticano

Os Estados Unidos manifestaram a sua oposição ao içar a bandeira do estado palestiniano na sede da ONU, que aconteceu esta quarta-feira pela primeira vez.

“Os Estados Unidos continuam a apoiar o tipo de solução de dois estados, um estado palestiniano viável, soberano e independente, a viver lado a lado, em paz e segurança, com Israel, judaico e democrático”, disse o porta-voz da Casa Branca, Josh Earnest.

Na conferência de imprensa diária, Josh Earnest reiterou a oposição do Governo norte-americano ao içar da bandeira palestiniana durante uma cerimónia especial a que assistiram o Presidente da Autoridade Nacional Palestiniana, Mahmud Abbas, e o secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon.

O Estado palestiniano é um observador permanente da ONU.

A bandeira palestiniana vai ser colocada ao lado da bandeira do Vaticano, também observador permanente da ONU.