Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Líderes europeus acordam aumento da ajuda aos países vizinhos da Síria

  • 333

FRANCOIS LENOIR/ Reuters

Líbano, Jordânia, Turquia e outros países da região serão alguns dos países que vão receber a ajuda da União Europeia. Esta noite, os líderes europeus aprovaram ainda um fundo extra de mil milhões de euros para ajudar os refugiados

O presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, anunciou esta quinta-feira que os líderes da União Europeia (UE) vão aumentar a ajuda aos países vizinhos da Síria e mobilizar mil milhões de euros para as organizações que ajudam os refugiados.

"Vamos poder mobilizar 1.000 milhões de euros adicionais para ajudar os refugiados através do Programa Alimentar Mundial e o Alto Comissariado da ONU para os Refugiados", disse Tusk numa conferência de imprensa no final da cimeira extraordinária de chefes de Estado e de governo.

"Vamos aumentar a ajuda ao Líbano, Jordânia, Turquia e outros países da região", disse.
Tusk destacou também a necessidade de "corrigir a política de portas e janelas abertas e reforçar a proteção das suas fronteiras".

O presidente do Conselho Europeu disse também que os centros de registo de refugiados e migrantes vão estar a funcionar "até ao fim de novembro".