Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Oito partidos no novo parlamento grego

  • 333

Abstenção aproxima-se dos 50%, e o partido de extrema-direita, Alvorada Dourada, tem mais votos do que em janeiro. Pasok, que esteve no Governo até 2009, surge em quarto lugar com pouco mais de 6% dos votos

Previsões oficiais do Ministério do Interior da Grécia [às 19h28 de Lisboa, duas horas e meia após o fecho das urnas], indicam que os 300 lugares do novo parlamento grego vão ser distribuídos por oito partidos.

Para além da renovação do voto de confiança em Alexis Tsipras, merece destaque o crescimento da abstenção que ultrapassa os 45%, e o aumento de votos no partido de extrema-direita Alvorada Dourada [igualmente conhecido por Aurora Dourada], que pode vir a conseguir mais um mandato no parlamento de Atenas.

De acordo com as sondagens, a Alvorada Dourada conseguiu conquistar votos na população desempregada.

Quando já estão contados 20% dos votos, o Syriza vai à frente com 35,5%, seguido pela Nova Democracia com 28,18%. Em terceiro lugar surge a extrema-direita da Alvorada Dourada com 7,30%, e em quarto lugar o PASOK com 6,53%.

O Partido Comunista surge em quinto com 5,4%, e o ANEL - que até agora esteve no Governo com o Syriza [com a pasta da Defesa], surge em sétimo com 3.73%.

Em sexto surge o To Potami com 4% e em oitavo a União do Centro com 3,49%.

Os dissidentes do Syriza que formaram o partido de Unidade Popular têm neste momento 2,78%; tudo indica que não conseguirá eleger nenhum deputado.