Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Cônsul honorária francesa suspensa por vender botes e coletes a refugiados

  • 333

ANGELOS TZORTZINIS / AFP / Getty Images

Cônsul honorária na Turquia desde 2014, Françoise Olcay vendia botes pneumáticos e coletes salva-vidas a migrantes e refugiados que procuravam chegar às ilhas gregas

O objetivo era descobrir como os migrantes e refugiados na Turquia encontravam os coletes salva-vidas e botes pneumáticos que necessitam para chegar às ilhas gregas. Era por esse motivo que a equipa do canal francês France 2 estava em Bodrum - e foi durante essa investigação que encontraram Françoise Olcay.

Cônsul honorária francesa, Olcay estava na Turquia desde agosto de 2014, onde era proprietária de uma loja que vendia produtos relacionados com atividades marítimas. As filmagens, adquiridas de forma oculta, mostram a mulher francesa a vender botes e coletes numa loja com bandeira francesa e com uma indicação à entrada: “Cônsul Francês Honorário”.

Segundo noticia a imprensa francesa, nessas filmagens Olcay admite realizar essas vendas a migrantes e refugiados. “Se não formos nós, outros o farão”, responde quando questionada sobre a venda de botes e coletes salva-vidas. E acrescenta ainda que as autoridades turcas também estão envolvidas neste processo.

Um porta-voz do Ministério dos Negócios Estrangeiros de França já anunciou a suspensão das funções desempenhadas por Françoise Olcay.

Os cônsules honorários têm um estatuto particular, que lhes permite exercer uma atividade profissional remunerada, não sendo membros do corpo diplomático de um país.