Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Hillary Clinton pede desculpa pelos emails após descida nas sondagens

  • 333

ALVIN BAEZ/REUTERS

Um dia depois de ter dito que não iria pedir desculpa pelo uso de uma conta de email privada enquanto foi secretária de Estado, a candidata às primárias pelo Partido Democrata acabou mesmo por fazê-lo

“Olhando para isto em retrospetiva, mesmo que me tenha sido permitido, deveria ter usado duas contas de email. Isso foi um erro. Peço desculpa. Assumo a responsabilidade”, afirmou Hillary Clinton numa entrevista transmitida pela ABC News na terça-feira.

O pedido de desculpas, por ter usado uma conta privada de email quando exerceu funções como secretária de Estado, foi especialmente inesperado depois desta ter declarado que não o faria, no dia anterior, à agência “Associated Press”.

A declaração à ABC News foi, até ao momento, a maior expressão de arrependimento da candidata às primárias pelo Partido Democrata sobre este assunto que parece estar a penalizar a sua credibilidade juntos dos eleitores.

Uma sondagem realizada este mês para o “Washington Post” e a ABC News indicou que 53% dos americanos têm uma imagem desfavorável de Clinton, mais 8% da que tinham no princípio do verão.

Para tentar amenizar o problema, Clinton divulgou anteriormente cópias de 30 mil emails enviados da conta privada. A ex-secretária de Estado revelou que não enviou dados confidenciais através dessa conta de email.

O FBI está a investigar se o sistema de email que manteve no computador da sua residência, em Nova Iorque, colocou em causa informações estatais confidenciais.

O pedido de desculpas de Clinton foi também enviado por email, na terça-feira, aos apoiantes da sua campanha: “Eu queria que ouvisse isto diretamente de mim (…). Sim, eu deveria ter usado duas contras de email, uma para assuntos privados e outra para o meu trabalho no Departamento de Estado. Não o fazer foi um erro. Peço desculpa por isso, e assumo total responsabilidade”.