Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Quinto suspeito detido no caso do camião abandonado com migrantes na Áustria

  • 333

ATTILA KISBENEDEK / AFP / Getty Images

De acordo com as autoridades da Hungria, que realizaram a detenção, o novo suspeito tem nacionalidade búlgara. Este sábado quatro homens foram ouvidos no tribunal de Kecskemét, cidade a meio caminho entre Budapeste e a fronteira sérvia

Um quinto suspeito foi detido pela polícia húngara na noite de sábado para domingo no âmbito da investigação do caso do camião abandonado na Áustria, que tinha no interior os corpos de 71 migrantes, divulgaram hoje fontes policiais. O novo suspeito tem nacionalidade búlgara, precisou a polícia.

Quatro homens - três búlgaros e um afegão - foram detidos na sexta-feira na Hungria, um dia depois da descoberta do camião, e foram presentes no sábado ao tribunal de Kecskemét, cidade a meio caminho entre Budapeste e a fronteira sérvia, que se tornou um dos principais pontos de entrada na União Europeia para dezenas de milhares de migrantes. O tribunal húngaro decidiu no sábado que os quatro homens vão ficar em prisão preventiva até 29 de setembro. A justiça suspeita que estes quatro homens sejam apenas elementos operacionais "de um grupo búlgaro e húngaro de tráfico de seres humanos".

O Ministério Público pediu que os quatro homens permaneçam sob custódia devido à "natureza excecional do crime, as subsequentes mortes de pessoas no tráfico de seres humanos e a perpetração do ato criminoso de traficar pessoas de forma profissional".

Segundo os primeiros elementos da investigação, as 71 vítimas - 59 homens, oito mulheres e quatro crianças - eram possivelmente migrantes sírios e terão morrido asfixiadas. Os corpos dos migrantes foram encontrados na quinta-feira no interior de um camião de transporte de carne de frango. Os cadáveres estavam em avançado estado de decomposição. O camião estava abandonado numa faixa de emergência numa autoestrada no leste da Áustria.

No sábado, a polícia austríaca informou a descoberta de um outro camião com 26 migrantes a bordo, entre os quais três crianças pequenas gravemente desidratadas. A polícia informou ainda que deteve um cidadão romeno de 29 anos que conduzia o veículo.