Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Encontrado mais um camião na Áustria com 26 refugiados

  • 333

Memorial feito em homenagem às 71 vítimas encontradas num outro camião

Tamas Kovacs

Síria, Afeganistão e Bangladesh são os países de origem dos refugiados encontrados pela polícia austríaca num camião. Três crianças foram hospitalizadas por desidratação e o motorista romeno foi detido

Três crianças foram hospitalizadas depois de terem sido encontradas num camião com outros 23 refugiados, na Áustria, segundo informou a polícia local, acrescentando ter detido o motorista do camião, um cidadão romeno de 29 anos.

"Os médicos indicaram que [as três crianças] foram tratadas por desidratação grave", indicou a polícia num comunicado citado pela agência France Presse.

O veículo foi parado pela polícia na sexta-feira de manhã, em St. Peter am Hart, uma localidade perto da fronteira com a Alemanha, segundo a agência Reuters. O motorista foi detido por tráfico de seres humanos, segundo a agência noticiosa espanhola EFE, citada pela Lusa.

Os 26 refugiados, da Síria, Afeganistão e Bangladesh, estavam confinados a um espaço estreito e com pouca ventilação.

David Furtner, da polícia austríaca, disse que quando chegaram ao local as crianças estavam tontas devido à desidratação causada pelo calor que estava dentro do camião. "O pessoal médico disse-nos que elas não teriam aguentado muito mais tempo com vida."

Este camião, oriundo da Hungria, foi intercetado um dia depois da descoberta dos corpos de 71 pessoas num camião abandonado numa autoestrada no leste da Áustria.

Segundo os primeiros elementos da investigação, as 71 vítimas - 59 homens, oito mulheres e quatro crianças - eram possivelmente migrantes sírios e terão morrido asfixiadas.
Os quatro suspeitos da morte dos 71 migrantes, três búlgaros e um afegão, ficarão detidos até 29 de setembro, decidiu este sábado a justiça húngara.