Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Grécia avança para eleições antecipadas. Data provável “é 20 de setembro”

  • 333

YANNIS BEHRAKIS / Reuters

Primeiro-ministro grego fala ao país pelas 20h locais, menos duas em Portugal Continental. Decisão é conhecida no mesmo dia em que a Grécia conseguiu cumprir o pagamento ao BCE de €3,4 mil milhões

O dia 20 de setembro será a data mais provável para a realização de eleições antecipadas na Grécia, segundo avançou esta quinta-feira uma fonte governamental à Reuters. Ou seja, daqui a um mês.

“O objetivo é convocar eleições para 20 de setembro”, disse fonte governamental à agência de notícias. Tsipras deverá apresentar a sua demissão ainda esta quinta-feira.

“Assim que apresentar a demissão, o primeiro-ministro será substituído pela presidente do Supremo Tribunal, Vassiliki Thanou-Christophilou - um opositor do resgate -, que irá supervisionar as eleições como chefe de um Governo de transição”, explica o jornal britânico “The Guardian”.

As legislativas deverão ser convocadas para conter a instabilidade dentro do Syriza, depois de quase um terço dos deputados do partido do Governo terem votado contra o terceiro plano de resgate à Grécia.

Tsipras esteve reunido esta quinta-feira com os seus principais conselheiros para decidir os próximos passos e irá falar ao país às 20h (18h em Lisboa).

O anúncio irá ocorrer no mesmo dia em que o país realizou um pagamento importante de uma parcela da dívida (3,4 mil milhões de euros) junto do Banco Central Europeu e bancos centrais dos Estados-membros da União Europeia.