Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Casa Branca contrata pela primeira vez transexual

  • 333

EPA

Raffi Freedman-Gurspan, antiga ativista, vai trabalhar na equipa responsável pelo recrutamento para o executivo norte-americano. O centro nacional para a igualdade e direitos dos transexuais classifica a nomeação como "histórica"

A Casa Branca anunciou esta terça-feira a contratação pela primeira vez de um transexual, uma iniciativa já saudada pela Associação de Defesa das Lésbicas, Gays, Bissexuais e Transexuais (LGBT) norte-americana.

Raffi Freedman-Gurspan, antiga ativista, que tomou posse hoje, vai trabalhar na equipa responsável pelo recrutamento para o executivo norte-americano.

"O seu compromisso com a melhoria de vida dos transexuais norte-americanos, especialmente das pessoas de cor e dos que vivem na pobreza, refletem os valores desta administração", disse Valerie Jarrett, assessora do Presidente norte-americano, Barack Obama.

O centro nacional para a igualdade e direitos dos transexuais, onde trabalhava Raffi Freedman-Gurspan, classificou a nomeação como "histórica".

"O facto de a primeira nomeação de uma pessoa transexual ser uma mulher e de cor é significativo", disse Mara Keislinh, diretora da organização.

Há um ano, o Presidente Barack Obama aumentou a luta contra a discriminação no trabalho e obrigou as administrações federais a protegerem informação dos funcionários, nomeadamente cor, origem, religião, sexo, deficiência e orientação sexual.