Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Atentado em templo hindu faz 27 mortos em Banguecoque

  • 333

A explosão sentida na capital tailandesa foi causada por uma moto armadilhada (na imagem)

RUNGROJ YONGRIT / EPA

Um atentado ainda não reclamado vitimou pelo menos 27 pessoas no centro da capital tailandesa. Neste balanço inicial incluem-se também 78 feridos

A explosão de uma bomba disfarçada numa motorizada estacionada à porta do templo hindu de Erawan matou esta segunda-feira pelo menos 27 pessoas e provocou 78 feridos, segundo as autoridades tailandesas. A imprensa local adianta que entre os mortos contam-se vários estrangeiros, sobretudo chineses, taiwaneses e filipinos.

O atentado ainda não foi reivindicado por qualquer organização terrorista. “Os autores querem destruir a economia e o turismo, já que o atentado ocorreu no centro do bairro mais turístico”, disse à Reuters o ministro da Defesa tailandês Prawitt Wongsuwan.

O santuário de Erawan está localizado numa zona muito movimentada da capital, com vários centros comerciais, grande hotéis, escritórios e um hospital, sendo uma das grandes atrações da capital tailandesa, especialmente para os visitantes do leste da Ásia, incluindo a China.

A polícia evacuou o local por receio de existir um segundo engenho explosivo, mais tarde desarmadilhado.

A Tailândia enfrenta um rebelião muçulmana nas províncias do sul do país, perto da fronteira com a Malásia. Mas a guerrilha raramente saiu da zona.