Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Marinha italiana salva 173 migrantes no Mediterrâneo

  • 333

Marinha italiana / Reuters

Resgatados navegavam em dois barcos insufláveis nas águas do Canal da Sicília, com destino a Itália. Suspeita-se que várias pessoas se tenham afundado, porque uma das lanchas naufragou

A marinha militar italiana confirma ter resgatado nas últimas horas um grupo de 173 imigrantes, que navegava em dois barcos insufláveis nas águas do Canal da Sicília com destino a Itália.

Os regastes tiveram lugar esta terça-feira em duas operações de salvamento conduzidas no Mediterrâneo e só esta manhã foram relatados oficialmente.

Na primeira operação foram socorridos 119 imigrantes, e na segunda outros 52. Além disso, foram socorridas duas pessoas que, na sequência do naufrágio da segunda lancha, conseguiram flutuar no mar.

Já a bordo dos navios militares, os imigrantes foram submetidos a exames médicos e devem chegar a Lampedusa nas próximas horas.

No local do naufrágio permaneciam na manhã desta quarta-feira algumas unidades da marinha militar, em busca por eventuais desaparecidos.

De acordo com a imprensa local, os imigrantes socorridos disseram que a bordo do segundo barco estavam cerca de 100 pessoas, embora essa informação não tenha sido confirmada pelas autoridades italianas.