Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

IKEA. Dois detidos pelo esfaqueamento mortal de mãe e filho

  • 333

PETER KRUGER/TT/REUTERS

Afinal, o individuo que ficou gravemente ferido, esta segunda-feira numa loja IKEA na Suécia, terá também estado envolvido no ataque que causou dois mortos. As vítimas são uma mulher de 55 anos e o filho de 28

Dois homens foram detidos pelo esfaqueamento mortal de duas pessoas, ocorrido ao início da tarde desta segunda-feira numa loja IKEA na cidade sueca de Västeras. Para além do primeiro indivíduo que foi logo apanhado pelas autoridades no local, um segundo foi detido horas depois num hospital.

“Dois homens foram presos… Um nasceu em 1992 e o outro é a terceira pessoas ferida, nascida em 1979”, afirmou o chefe da polícia de Västeras, Per Agren, citado pelo jornal sueco "The Local".

“Podemos confirmar que os mortos são uma mulher de 55 anos e o filho de 28”, disse por seu turno a porta-voz da polícia Victoria Holmgren, vitada pela agência France Presse. O ataque aconteceu na zona dos utensílios de cozinha do IKEA.

Inicialmente, pensou-se que para além desses dois mortos, a terceira pessoa que ficara ferida com gravidade também teria sido vítima do atacante. As autoridades suecas pensam que a dupla de detidos não tem qualquer ligação com as vítimas, que terão sido escolhidas ao acaso, desconhecendo-se as motivações do ataque. “Isto foi um acontecimento louco. E não sabemos o motivo”, referiu Agren.

O jornal local “VLT” indica que a mãe e o filho são residentes noutra região do país e encontravam-se de férias em Västeras. “Eles tinham ido ao IKEA fazer compras. Passou-se algo na zona dos acessórios de cozinha e eles foram atacados com uma faca”, escreve o jornal, sem referir a fonte da informação.

Västeras é uma cidade com 140 mil habitantes, localizada 115 quilómetros a noroeste de Estocolmo.