Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

John Kerry: “A guerra do Vietname resultou de uma profunda falha de visão política e diplomática”

  • 333

POOL

Na sua visita a Hanoi, John Kerry disse que o Vietname não irá usufruir em pleno de uma parceria com os Estados Unidos se o país continuar a desrespeitar os direitos humanos

Helena Bento

Jornalista

No ano em que se assinala o 20º aniversário da normalização das relações entre os EUA e o Vietname, John Kerry, secretário de Estado dos EUA, disse que “a guerra do Vietname resultou de uma profunda falha de visão política e diplomática".

John Kerry, que falava em Hanoi, capital do Vietname, no âmbito de um périplo pelos países árabes iniciado por Barack Obama depois de ter sido alcançado o acordo nuclear com o Irão, sublinhou a importância de haver uma reconciliação com os antigos inimigos. "É óbvio que há alturas em que não há outra escolha senão a guerra, mas nunca se pode tomar essa opção por certa sem que antes tenham sido exploradas todas as outras hipóteses", afirmou.

Não referindo diretamente o Irão, Kerry disse que a "experiência" dos Estados Unidos e do Vietname ao longo dos últimos 60 anos "pode servir de modelo para outros". "Estar aqui a celebrar 20 anos de normalização das relações entre os dois países é prova de que não estamos condenados a repetir os erros do passado. Temos capacidade para ultrapassar o rancor e substituir a suspeita pela confiança e a inimizade pelo respeito."

Dirigindo-se a um grupo de dirigentes vietnamitas e líderes empresariais, John Kerry fez questão de sublinhar os laços que os dois países estabeleceram nas últimas duas décadas no comércio, educação e cultura, mas chamou a atenção para a necessidade de haver melhorias no que diz respeito aos direitos humanos.

O secretário de Estado dos EUA deixou inclusive um aviso disfarçado de recomendação: o Vietname nunca irá usufruir em pleno da parceria com os Estados Unidos e dos benefícios das leis internacionais a menos que sejam respeitados em absoluto os direitos humanos, tal como acontece no país de Barack Obama: "Apenas os cidadãos vietnamitas podem determinar o sistema político do seu país e abordamos esta matéria com alguma humildade, porque como pode ser visto e lido, temos estado a trabalhar arduamente para tornar o nosso próprio sistema perfeito".