Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Novo canal do Suez será inaugurado quinta-feira

  • 333

Três navios de carga, escoltados pela Marinha Egípcia, fizeram uma viagem de ensaio, antes da inauguração do novo canal do Suez

STRINGER/ REUTERS

A construção da rota, de 72 quilómetros, custou cerca de 7,5 mil milhões de euros e é considerada essencial para o comércio regional e local

Um ano depois de iniciadas as obras, o novo canal do Suez, no Egito, está pronto a ser navegado e será inaugurado no dia 6 de agosto. A concretização da rota de 72 quilómetros custou 8,5 mil milhões de dólares (cerca de 7,5 mil milhões de euros), sendo considerada essencial para o comércio regional e global.

Pelo atual canal de Suez, construído há 150 anos, passa atualmente 7% do comércio mundial via navegação. O novo “caminho” acompanha grande parte do percurso original, lado a lado, permitindo a circulação de navios nos dois sentidos, entre os mares Mediterrâneo e Vermelho.

Como viagem-teste, três navios de carga cruzaram o canal no último sábado, escoltados por vários helicópetros e embarcações da Marinha egípcia. As medidas de segurança foram justificadas pelo facto de a península do Sinai, nas imediações do canal, ser uma região com frequente atividade de grupos islâmicos extremistas. Centenas de civis morreram desde a deposição do Presidente Mohammed Morsi, em 2013.

Segundo anúncio oficial, há já projetos para a construção de um outro canal, mais próximo de Port Said, no Mediterrâneo. Terá uma extensão de 9,5 quilómetros e poderá custar 60 mil milhões (quase 55 mil milhões de euros), diz a agência Reuters.