Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Bitcoin. Fundador da extinta Mt.Gox detido no Japão

  • 333

YOSHIKAZU TSUNO / AFP / Getty Images

Mark Karpelès, fundador e antigo diretor-geral daquela que já foi considerada uma das maiores casas de câmbio desta divisa eletrónica, é acusado de ter acedido ao sistema informático da plataforma e falsificado as suas contas

A polícia japonesa deteve, este sábado, o fundador e diretor-geral da Mt.Gox, a extinta plataforma, fundada em 2011, de negociação da moeda virtual bitcoin. A informação foi avançada pela agência de notícias do Japão, Kyodo, que cita o Departamento Metropolitano da Polícia de Tóquio.

Já esta sexta-feira um relatório revelara que Mark Karpelès iria ser detido, o que o levaria a enviar uma mensagem para o "The Wall Street Journal" dizendo serem "falsas" as alegações contra si. O francês de 30 anos é suspeito de ter acedido ao sistema informático da plataforma para criar artificialmente um milhão de dólares, falsificando as suas contas, sendo ainda responsabilizado pelo desaparecimento de uma "grande quantidade" desta divisa eletrónica.

Se for considerado culpado, Karpelès poderá ter que cumprir pena até cinco anos de prisão ou ter que pagar até 500 mil yen (cerca de 3,768 mil euros).

Recorde-se que a Mt.Gox era uma das maiores casas de câmbio de bitcoins até fevereiro de 2014, quando foi denunciado o desaparecimento de cerca de 750 mil unidades desta moeda pertencentes a mais de 100 mil clientes. O acontecimento provocou uma perda de quase 390 milhões de dólares (cerca de 355 milhões de euros) e, à data, Karpelès atirou a responsabilidade pelo sucedido para cima de alegados 'hackers' que teriam entrado no sistema.

A queda da Mt.Gox afetou ainda mais a confiança nas bitcoins, reforçando o debate sobre a melhor forma de as regular, uma vez que estas não estão ligadas a um governo central ou a uma entidade financeira. Na verdade, após o encerramento da empresa, o governo japonês chegou mesmo a tipificar a bitcoin como uma mercadoria e não como uma divisa.