Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Donald Trump e Vladimir Putin, bons amigos?

  • 333

Trump prapara-se para realizar o seu primeiro debate político, na próxima semana

Russell Cheyne/ Reuters

O bilionário na corrida à presidência dos EUA pelo Partido Republicano acredita que se pode entender bem com o líder russo. E diz que as pessoas já estão fartas do “politicamente correto” na esfera pública norte-americana

O candidato republicano à presidência dos EUA Donald Trump afirma, sem hesitações, que poderia ter boas relações com o Presidente russo Vladimir Putin.

“Julgo que me entenderia muito bem com Vladimir Putin. Acho isso”, disse o bilionário norte-americano durante uma viagem à Escócia.

Habitual fonte de gafes, declarações consideradas racistas e comentários preconceituosos, Trump parece empenhado em não defraudar a sua fama. E a verdade é que o seu muito polémico perfil não está a afetar a sua popularidade política no interior do partido pelo qual concorre. Com o seu primeiro debate à vista - realiza-se na próxima semana - o bilionário de 69 anos lidera a disputa pela nomeação republicana.

Sobre a estreia televisiva em debates, faz questão de se demarcar dos restantes políticos: “Não sou um profissional dos debates. Eu resolvo as coisas”.

Ainda na Escócia, Donald Trump voltou a criticar duramente o atual Presidente e a secretária de Estado e candidata à presidência, a democrata Hillary Clinton. A Barack Obama mimou-o com a apreciação de “incompetente”, deixando para Hillary a avaliação de “pior secretária de Estado da história do país”.

O “excesso de diplomacia” dos Estados Unidos foi outra das críticas deixada na conferência de imprensa, realizada num dos três campos de golfe de que é proprietário no Reino Unido. “Somos tão politicamente corretos no nosso país que as pessoas estão enjoadas e cansadas disso”, afirmou.

De acordo com a mais recente sondagem da CNN/ORC, Trump conta com 18% de apoio dos republicanos. Segue-o o ex-governador da Florida Jeb Bush, com 15%. O governador de Wisconsin Scott Walker soma 10% das intenções de voto.