Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Quadriga. O novo nome da troika

  • 333

É em Berlim que se localiza uma das quadrigas mais famosas da atualidade

Sean Gallup/Getty Images

Os credores já chegaram à Grécia, mas desta vez foram negociar com Atenas quatro instituições. Com a nova aquisição veio nova designação e há quem diga que a ideia saiu da cabeça de Jean-Claude Juncker. Será que vai pegar?

O Mecanismo Europeu de Estabilidade (MEE) juntou-se à troika. Agora em vez de três instituições - Banco Central Europeu (BCE), Fundo Monetário Internacional (FMI) e Comissão Europeia - passaram a quatro. Com a nova aquisição, o trio que agora é quarteto, ganhou um novo nome: quadriga.

O nome não é oficial, mas a imprensa grega já o utiliza para se referir às instituições, avança o jornal britânico "The Guardian". Já o portal “News.gr” acrescenta que a ideia do novo nome terá sido proposta pelo presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker.

Uma quadriga é um veículo de tração animal puxado por quatro cavalos. Na mitologia grega, transportavam os heróis e os deuses. A corrida de quadrigas era uma das modalidades dos antigos Jogos Olímpicos. Mais tarde, também na Roma Antiga foi adotado este meio de transporte.

Provavelmente, a quadriga mais famosa da atualidade está localizada na Porta de Brandeburgo, em Berlim, Alemanha, considerado como um símbolo da unidade e da paz europeia. Outras quadrigas bem conhecidas estão no Arco de Wellington (em Londres), no Arco do Triunfo (em Paris), no Parque do Centenário (em Bruxelas) e na Basílica de São Marcos (em Veneza).

Num ecrã bem perto de si poderá recordar outras corridas de quadrigas não menos famosas em filmes como "Ben-Hur" (1953) e "Astérix nos Jogos Olímpicos" (2008).

  • Bruxelas pede celeridade à Grécia para avançar com as reformas

    Bruxelas diz que “são esperadas mais reformas” para que haja um “desembolso rápido” da primeira tranche do terceiro programa de assistência. O assunto está a ser discutido nas negociações iniciadas esta segunda-feira entre as instituições e as autoridades gregas. Chefes de missão da Comissão Europeia, BCE e Mecanismo já estão em Atenas