Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

NASA anuncia descoberta de planeta. É o “primo mais velho” da Terra

  • 333

Ilustração artística que compara a Terra, à esquerda, com o novo planeta

NASA

Cientistas acreditam que o planeta poderá ter água em estado líquido na superfície

Helena Bento

Jornalista

A NASA anunciou esta quinta-feira a descoberta de um planeta na Via Láctea similar à Terra. Cientistas informaram que o planeta, designado Kepler 452b, orbita à volta de uma estrela com características semelhantes ao Sol (sendo apenas, em relação a este, 4% mais maciça e 10% mais luminosa) e acreditam que poderá ter água em estado líquido na superfície e um terreno rochoso. Um desses cientistas, John Grunsfeld, foi mais longe, dizendo que esse "novo mundo" é, de todos os planetas, "o mais parecido" com a Terra.

Não há ainda dados que permitam avaliar com rigor a massa do novo planeta. Aos astrónomos resta, por enquanto, confiar em modelos para estimar valores. Uma das hipóteses avançadas, e que reúne o consenso dos cientistas, é da que o Kepler 452b é 60% maior do que a Terra, apresentando uma massa cinco vezes superior a esta, sendo por isso descrito como o "primo mais velho, e maior, do que a Terra".

Se for provado que apresenta uma superfície rochosa, então é provável que tenha ainda vulcões ativos. Já a sua gravidade será o dobro da da Terra, acreditam também alguns cientistas.

O novo planeta foi descoberto com base em observações feitas pelo telescópio espacial Kepler, responsável, de resto, pela descoberta de 500 outros novos planetas.