Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Bancos gregos reabrem segunda-feira

  • 333

YIANNIS KOURTOGLOU/ Reuters

Controlo de capitais mantém-se, mas é flexibilizado. A partir de segunda-feira, os gregos poderão levantar somas maiores diariamente (mas não semanalmente), desde que não ultrapassem os 420 euros por semana

O Governo grego já ordenou: os bancos vão mesmo abrir na segunda feira, três semanas depois de terem sido encerrados para evitar a fuga de capitais e o colapso do sistema financeiro. A informação está a ser avançada pela Reuters.

A partir de segunda-feira os gregos poderão então levantar somas maiores diariamente, desde que não ultrapassem os 420 euros semanais, flexibilizando-se desta forma o controlo de capitais (ou seja, o valor total é o mesmo, mas os gregos têm uma maior opção de gestão diária em cada semana). Os cartões de crédito só poderão ser utilizados dentro da Grécia.

A decisão surge horas depois dos novos ministros, vice-ministros e ministros-adjuntos do governo de Alexis Tsipras terem tomado posse, depois de na sexta-feira à noite o primeiro-ministro ter apostado numa remodelação ministerial, deixando de fora todos os que se opuseram ao acordo negociado entre a Grécia e os credores e aprovado esta semana no parlamento.

A medida tomada pelo governo de Tsipras já era expectável, após esta sexta-feira a União Europeia ter decidido disponibilizar até €7,16 mil milhões de euros de assistência financeira à Grécia, através de um empréstimo do Mecanismo Europeu de Estabilização Financeira, evitando assim que o país entre em incumprimento e possa cumprir os pagamentos em atraso junto do Banco Central Europeu (BCE) e Fundo Monetário Internacional (FMI).