Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Schäuble volta a defender Grexit temporário

  • 333

FABRIZIO BENSCH / Reuters

Ministro alemão das Finanças admite que a aprovação do programa de resgate pelo parlamento grego foi um "passo em frente", mas continua cético

Wolfang Schäuble insiste: "O Grexit [saída da Grécia da zona euro] temporário talvez fosse a melhor forma de resolver a situação", afirmou o ministro alemão das Finanças numa entrevista à rádio "Deutschlandfunk", esta quinta-feira.

O governante germânico voltou a argumentar que as regras da moeda única não permitem um perdão da dívida - em contraponto com o FMI, que já admitiu a possibilidade de um corte direto da dívida grega (e o BCE já veio defender um alívio). "Eu não sei, ninguém sabe como é suposto trabalhar agora com um perdão da dívida e todos sabem que essa questão é incompatível com ser-se membro do euro", realçou Schäuble.

Embora diga que a aprovação do programa de resgate pelo parlamento grego, esta quarta-feira, foi um "passo em frente", Schäuble diz ainda ter dúvidas sobre as negociações que abrirão portas a um terceiro resgate.

De acordo com a "Bloomberg", os deputados alemães deverão aprovar esta sexta-feira o programa de ajuda à Grécia, tendo como base uma discussão inicial que teve lugar esta quinta-feira de manhã.