Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Tsipras desafia: “Quem tiver uma solução alternativa que avance e diga qual é”

  • 333

ALEXANDROS VLACHOS / EPA

Mais de metade dos deputados do Syriza rejeitam o acordo. Na reunião do grupo parlamentar, o líder do partido e primeiro-ministro instou-os a apresentar uma alternativa

O primeiro-ministro grego Alexis Tsipras pediu esta quarta-feira o apoio do Syriza para aprovar o acordo alcançado com os credores internacionais, que é votado esta quarta-feira no Parlamento, e desafiou os deputados do partido que criticam os termos do resgate a apresentarem uma alternativa.

De acordo com o “The Guardian”, o repto foi lançado na reunião do grupo parlamentar do Syriza, que decorreu poucas horas antes do início da votação do acordo: "Quem tiver uma solução alternativa que avance e diga qual é", afirmou Tsipras.

Grande parte da oposição ao acordo que Tsipras selou segunda-feira com os credores vem do seu próprio partido, com 109 dos 201 membros do comité central do Syriza a manifestarem-se contra os termos do terceiro resgate ao país. "Nem pensar que vou votar 'sim' a um acordo tão desprezível", afirmou o deputado Rachil Makri, citado pelo jornal "Kathimerini".

Também no Governo há vozes muito críticas. A ministra-adjunta das Finanças, Nadia Valavani, apresentou a demissão por não aceitar os termos do acordo, assim como o secretário-geral do mesmo Ministério.

Ainda assim, o acordo deverá ser aprovado esta quarta-feira ao final do dia no Parlamento helénico, com os votos favoráveis dos partidos pró-europeus da oposição, nomeadamente a Nova Democracia, o PASOK e o To Potami.

artigo atualizado às 20h26