Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Manifestantes anti-austeridade na Grécia envolvem-se em confrontos com a polícia

  • 333

YANNIS BEHRAKIS / Reuters

Milhares de pessoas, entre as quais um grupo de anarquistas com a cara tapada, protestaram em frente ao Parlamento grego contra o acordo alcançado com os credores

Um grupo de anarquistas que protestou na Praça Sintagma contra as novas medidas de austeridade acordadas com os credores envolveu-se em confrontos com a polícia em frente ao Parlamento grego, onde esta quarta-feira à noite é votado o acordo alcançado com as instituições europeias.

Segundo contou ao Expresso o jornalista grego Nikolau Hidiriglou, os anarquistas, vestidos de preto e com a cara tapada, lançaram petardos e cocktails molotov contra a polícia, provocando confrontos junto ao Parlamento.

Por precaução, os hotéis de cinco estrelas situados na Praça Sintagma colocaram grades metálicas a proteger a entrada e os vidros do lobby.

Milhares de pessoas, entre as quais muitos elementos da juventude do Syriza, protestaram em frente ao Parlamento grego, apelando aos deputados para chumbarem o acordo.

Nas últimas horas, Tsipras tem feito várias declarações marcantes: começou por dizer que assinou um acordo em que não acredita, depois desafiou quem tiver uma solução alternativa a avançar e ameaçou demitir-se se não tiver o apoio do Syriza na votação parlamentar desta quarta-feira - até ver, só tem o apoio da oposição pró-europeia (que será suficiente para fazer passar o acordo).