Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Ativistas cortam vedação e invadem o aeroporto de Londres

  • 333

Ativista do grupo Plane Stupid deitada na pista Norte do aeroporto londrino de Heathrow

PLANE STUPID / HANDOUT / EPA

Defensores do ambiente invadiram Heathrow para protestar contra o projeto de construir uma nova pista no maior aeroporto londrino. Levantam-se questões de segurança: "Se os manifestantes conseguiram chegar à pista sem serem detidos, é porque há aqui um pequeno problema", diz um perito em segurança

Ativistas do grupo Plane Stupid invadiram, na madrugada desta segunda-feira, o aeroporto de Heathrow, em Londres. Os manifestantes acorrentaram-se uns aos outros e deitaram-se ao longo da pista norte. O aeroporto encerrou durante três horas e, segundo a BBC, 13 voos foram cancelados. 

Por volta das 3h30 da manhã na capital do Reino Unido (mesma hora em Lisboa), os manifestantes do grupo cortaram a vedação do aeroporto e ocuparam a pista. Nove dos 13 ativistas foram detidos pela Polícia. 

Com esta ação, os Plane Stupid exprimiram a sua oposição aos planos de expansão do aeroporto de Heathrow, que há cerca de duas semanas anunciou a intenção de construir uma nova pista, a juntar às duas existentes. 

"Queremos pedir desculpa a todos aqueles a quem estragámos o dia. Não é nossa opinião que todos os que voam sejam más pessoas", disse Ella Gilbert, uma das manifestantes. "Somos contra aqueles que voam com frequência e sem necessidade, levando à obrigação de expansão [do aeroporto]. Não podemos continuar a ignorar as terríveis consequências destas viagens como se não houvesse amanhã", acrescentou. 

A Plane Stupid diz que as alterações climáticas acontecem, na sua maioria, por culpa dos ricos. Além dos 12 membros deitados no chão, o grupo trazia uma bandeira onde gracejava com o primeiro-ministro britânico. Antes das eleições de 2010, David Cameron prometeu opor-se à construção da terceira pista em Heathrow. "No ifs, no buts", lia-se no estandarte (Nem "ses", nem "mas", uma citação do próprio governante).

"Há aqui um pequeno problema" 

Alguns dos manifestantes continuam no local e, apesar dos atrasos, ambas as pistas estão em funcionamento. Esta segunda-feira é um dia em que muitos amantes de ténis voltam para casa depois do torneio de Wimbledon, nos arredores de Londres. 

O aeroporto pediu desculpa pelos atrasos e aconselhou os passageiros a confirmar os horários dos voos com as correspondentes companhias aéreas. "A nossa prioridade é garantir a segurança do aeroporto", lê-se numa nota relativa ao incidente, no site do aeroporto de Heathrow. 

O protesto levanta, precisamente, questões relativas à segurança do aeroporto: "Se os manifestantes conseguiram chegar à pista sem serem detidos, então é porque há aqui um pequeno problema", disse Afzal Ashraf, consultor de defesa e segurança do Royal United Services Institute.  "É muito fácil chegar à vedação antes de a polícia conseguir reagir. Um grupo terrorista levaria apenas alguns minutos a cortar a vedação", sublinha.