Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Bancos gregos fechados até segunda-feira

  • 333

YANNIS BEHRAKIS / Reuters

Levantamentos nos multibancos mantêm-se condicionados. Bancos estão fechados desde o final de junho

Os bancos gregos vão manter-se fechados até segunda-feira, indicou esta quarta-feira uma fonte do Ministério das Finanças, após os esforços do Governo para apresentar aos parceiros europeus uma nova proposta que inviabilize a sua saída da Zona Euro.

Na Grécia, os bancos têm estado encerrados desde 29 de junho, com os levantamentos nas caixas multibanco limitados a 60 euros por dia, para impedir uma falta de liquidez, após o "não" dos gregos às condições impostas pelos credores internacionais para um novo resgate financeiro.

O "não" dos gregos foi dada no passado domingo, 05 de julho, no referendo convocado pelo executivo do primeiro-ministro, Alexis Tsipras.

O Ministério das Finanças grego tinha anunciado na terça-feira que os bancos reabririam "progressivamente" até ao final desta semana.

  • Novo pedido de resgate grego já foi recebido

    Porta-voz do Mecanismo de Estabilidade Europeu confirma que carta com pedido oficial de terceiro resgate, através do Mecanismo de Estabilidade Europeu, feito pelo Governo grego, já chegou a Bruxelas. A carta contém propostas de mexidas em impostos e pensões e uma breve referência à sustentabilidade da dívida grega e deverá ser analisada pelo grupo preparatório do Eurogrupo esta quarta-feira

  • Tsipras mostra-se confiante num “acordo justo”

    Primeiro-ministro helénico garante que a escolha do povo grego não é uma opção de rutura com a Europa, mas de regresso aos valores que estão na base da democracia europeia. “Acredito que juntos vamos ultrapassar este desafio”, afirmou Alexis Tsipras no Parlamento Europeu