Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Tsipras ligou a Merkel: Grécia apresenta nova proposta até esta terça

  • 333

Mural numa das ruas de Atenas

SIMELA PANTZARTZI / EPA

Alemanha mantém aberta a porta do diálogo, mas sublinha que o “não” no referendo de domingo não favorece as condições para um terceiro resgate

O governo alemão manifestou-se esta segunda-feira disposto a prosseguir as negociações com a Grécia, caso sejam apresentadas novas medidas, avança a Reuters. A posição do Executivo de Angela Merkel foi transmitida ao final desta manhã durante uma conversa telefónica entre a chanceler e o primeiro-ministro grego.

“O governo federal mantém as portas abertas ao diálogo, apesar da decisão dos cidadãos gregos, no domingo, não dar condições para um novo programa de ajuda", declarou o
porta-voz da chanceler alemã, Steffen Seibert. 

Durante a conversa telefónica, Alexis Tsipras comprometeu-se a apresentar uma nova proposta às instituições credoras - Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional - na cimeira extraordinária da zona euro, que está agendada para esta terça-feira em Bruxelas.

A chancelar alemã acredita que a vitória do “não” no referendo inviabiliza um novo resgate económico, embora garanta respeitar a decisão dos cidadãos gregos:  “Tendo em conta a decisão de ontem dos cidadãos gregos, as pré-condições para o arranque das negociações para um programa de ajuda não existem atualmente””, afirmou o porta-voz da chanceler alemã em declarações ao “Financial Times”. 

Esta noite, Angela Merkel vai reunir-se com François Hollande em Paris para analisarem as consequências do referendo na Grécia, que deu vitória ao “não” à última proposta apresentada pelos credores. Está marcada uma conferência de imprensa conjunta dos dois líderes às 19h15 locais (18h15 em Lisboa).