Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Bancos gregos fechados pelo menos até esta quarta

  • 333

Até lá, as restrições aos levantamentos no multibanco mantêm-se, informa a Associação Grega de Bancos

Raquel Pinto

Raquel Pinto

Jornalista

Não há mudanças, pelo menos nos próximos dois dias, no que toca ao acesso dos gregos ao dinheiro que têm depositado nos bancos. Não abriram esta segunda-feira. Não vão abrir na terça, nem na quarta. Estão assim, encerrados, desde 29 de junho. E o teto máximo de levantamentos em caixas multibanco também mantém-se nos 60 euros diários, por cartão.

A Associação Grega de Bancos confirmou a informação esta tarde. "Decidimos prolongar as férias bancárias por mais dois dias - terça-feira e quarta", afirmou a presidente Louka Katseli, citada pela Reuters.

O conselho de governadores do BCE reuniu-se de emergência esta segunda-feira, depois de uma vitória do "não" ao referendo das propostas dos credores, para tomar uma posição sobre a assistência aos bancos gregos. Decidiram não aumentar a linha de emergência de liquidez [ELA, sigla em inglês] e "ajustaram" o nível do hair cut (da redução) ao valor dos colaterais que os bancos apresentam na solicitação desse financiamento.

 

  • BCE endurece posição face à Grécia

    Os banqueiros centrais do euro decidiram em Frankfurt não aumentar a linha de emergência a que podem recorrer os bancos gregos e “ajustar” a redução de valor dos colaterais que apresentam junto do Banco Central da Grécia. Há uma ameça real de colapso bancário