Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Sondagem da Bloomberg confirma empate na Grécia

  • 333

Estudo divulgado pela agência de informação financeira também mostra que os gregos estão divididos. 'Sim' e 'Não' estão par a par 

É mais uma sondagem que confirma a indecisão dos gregos. Um inquérito divulgado esta manhã pela agência Bloomberg mostra que 43% dos inquiridos pretendem votar no 'Não' na consulta popular do próximo domingo, enquanto 42,5% afirmam que vão recusar mais austeridade. Por sua vez, 14,5% dos inquiridos revelam-se indecisos.

De acordo com o estudo, cerca de 81% dos inquiridos - o que corresponde a mais de quatro em cada cinco pessoas -  desejam que o país permaneça no euro.

"Este referendo mostra a divisão da sociedade grega em dois grupos que têm uma compreensão diferente da questão em discussão. Há aqueles que realmente acham que o futuro do país está fora da zona euro e outros que consideram que o referendo é uma tática de negociação", afirmou à Bloomberg Nikos Marantzidis, investigador e professor de Ciência Política da Universidade que encomendou o estudo. 

A sondagem foi realizada pela Universidade de Instituto de Ciências Sociais Aplicadas e Estudos Económicos da Macedónia e teve como amostra 1042 pessoas. A margem de erro da pesquisa é de 3%.

Os resultados deste inquérito confirmam as intenções de voto manifestadas noutra sondagem divulgada esta sexta-feira. No estudo publicado pelo jornal "Ethnos", 44,8% dos inquiridos dizem que vão votar a favor da proposta dos credores. Por outro lado, 43,4% afirmam que vão escolher o ´não', enquanto 11,8% se mostram indecisos.