Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

EUA entregam à Suíça pedido de extradição de sete dirigentes da FIFA

  • 333

Loretta Lynch, procuradora-geral dos EUA

Kevin Lamarque/Reuters

Foi entregue esta quarta-feira ao Gabinete Federal de Justiça Suíço (FOJ) um pedido formal de extradição de sete dirigentes suíços da FIFA presos em Zurique

O pedido formal de extradição, que foi entregue ao Gabinete Federal de Justiça Suíço (FOJ), acusa sete dirigentes suíços da FIFA de corrupção “desmedida, sistemática e profunda” e de criarem o “campeonato do mundo da vergonha”. As acusações resultam de um inquérito conduzido pelo Gabinete de investigação Federal dos EUA.

Segundo o FOJ, a polícia de Zurique dará oportunidade aos sete dirigentes da FIFA para se justificarem mais uma vez, num interrogatório, à margem dos pedidos de extradição.  Revela ainda que os acusados suíços e os seus advogados terão um período máximo de 14 dias para responder ao pedido, sendo que este pode ser alargado, caso sejam apresentados argumentos que justifiquem a extensão.

Após receber uma resposta ao pedido, a FOJ irá dar a conhecer a sua decisão final passado algumas semanas, mas avisou que qualquer decisão tomada poderá ser contestada no Tribunal Criminal Federal e no Tribunal Supremo Federal, pelo que o processo poderá arrastar-se.

As acusações a dirigentes e ex-dirigentes da FIFA resultaram da maior investigação ao organismo que tutela o futebol mundial. As autoridades norte-americanas acreditam que esses elementos terem recebido subornos a rondar os 100 mil dólares (cerca de 90,9 mil euros).