Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

'Não' lidera sondagens na Grécia mas perde terreno

  • 333

A maioria dos gregos vai votar 'não'no próximo domingo, segundo a mais recente sondagem

FOTO ALEXANDROS VLACHOS/EPA

Mais recente sondagem, divulgada esta quarta-feira, revela que 46% dos gregos vão votar contra a proposta apresentada pelas instituições credoras  

Aumenta a pressão sobre o Executivo de Alexis Tsipras. Segundo uma sondagem divulgada esta quarta-feira pelo jornal "Efimerida ton Syntakton", 46% dos inquiridos afirmam que vão votar 'não' contra o plano apresentado pelos credores no referendo agendado para este domingo na Grécia, o que equivale a uma descida de 11 pontos percentuais face ao último inquérito, realizado ainda antes do anúncio do encerramento dos bancos na Grécia até 7 de julho. 

Por seu turno, 37% dizem que irão votar 'sim' nessa consulta popular, enquanto 17% se mostram indecisos. Com uma margem de erro de 2,8%, a sondagem teve como amostra 1200 pessoas que foram entrevistadas entre 28 e 30 junho, ou seja, já depois do fecho dos bancos e da limitação a 60 euros diários de levantamentos com cartões multibanco.

No próximo domingo, os gregos são chamados a responder à questão: "Deverá ser aceite o projeto de acordo que foi apresentado pela Comissão Europeia, o Banco Central Europeu e o Fundo Monetário Internacional no Eurogrupo de 25.06.2015 e que consiste em duas partes, que constituem a sua proposta unificada? O primeiro documento intitula-se ‘Reformas para a Conclusão do Presente Programa e Mais Além’ e o segundo ‘Análise Preliminar à Sustentabilidade da Dívida’.” 

Recorde-se que a Grécia entrou oficialmente em incumprimento à meia-noite desta quarta-feira, após ter falhado o pagamento de 1600 milhões de euros do empréstimo ao Fundo Monetário Internacional (FMI), cujo prazo terminava no último dia de junho.

O Executivo helénico ainda tentou evitar esta situação, pedindo ao organismo liderado por Christine Lagarde para adiar o reembolso das três prestações por cinco meses, até novembro, mas o pedido não foi atendido.