Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

A NBC pode ter acabado de despedir o próximo presidente dos EUA

  • 333

Scott Olson/ Getty Images

Donald Trump foi demitido pelo canal norte-americano por causa dos comentários ofensivos que tem feito aos imigrantes durante a campanha eleitoral 

Se Donald Trump for eleito presidente dos Estados Unidos da  América, no próximo ano, então o canal NBC acabou de despedir o futuro chefe de Estado. A NBC anunciou, esta segunda-feira, o fim da relação com o empresário, reality star e candidato à Casa Branca. 

"Na NBC, o respeito e dignidade por todas as pessoas são os pilares dos nossos valores. Devido às recentes declarações depreciativas por Donald Trump sobre imigrantes, a NBC Universal termina a sua relação laboral com o Sr. Trump", lê-se no comunicado da empresa. 

Desde 2004, que o canal de televisão norte americano produz o reality show "O Aprendiz" - que em Portugal é transmitido pela SIC Radical - cuja apresentação está a cargo de Trump. O canal vai ainda deixar de exibir os concursos Miss Universo e Miss EUA, produzidos anualmente pelo empresário. 

"Quando o México envia as suas pessoas, não está a mandar os melhores. Estão a enviar pessoas com muitos problemas e trazem os problemas consigo. Estão a enviar drogas. Estão a enviar crime. Estão a enviar violadores. Alguns, assumo, são boas pessoas". Comentários como estes, que Trump proferiu durante a campanha eleitoral, valeram-lhe o despedimento. O magnata tem gerado polémica com fortes criticas à imigração, chegando mesmo a garantir que se for eleito vai construir um muro de três mil quilómetros na fronteira com o México para impedir a entrada de sul-americanos. 

Após tantos comentário sobre o tema, foi iniciada uma petição online para que Trump fosse  afastado do canal, que em pouco tempo reuniu cerca de 200 mil assinaturas. A NBC ouvi os espectadores e deu por terminado o contrato com o empresário. 

Segundo a própria NBC, o candidato à presidência dos Estados Unidos da América,  Donald Trump, pode avançar com um processo contra o canal. "Acho que este fim de relação tem a ver com o facto do meu ponto de vista sobre a imigração ser muito diferente das pessoas da NBC", disse o candidato à Casa Branca.