Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Chuvas intensas causam 70 mortos na Índia

  • 333

Indianos em cima das suas casas inundadas, no distrito de Amreli, estado indiano de Gurajat

REUTERS

São as chuvas mais intensas em 90 anos, chegaram duas semanas antes do previsto, causaram inundações, 70 mortos, dez mil evacuados e obrigaram leões asiáticos a abandonar o seu habitat. Os helicópteros continuam a sobrevoar as áreas afetadas em operações de resgate e fornecimento de mantimentos

Mais de 70 pessoas morreram e outras dez mil foram evacuadas devido a inundações causadas pelas chuvas de monção, no estado de Gujarat, no oeste da Índia. Propriedades públicas e privadas ficaram seriamente danificadas. 

Segundo o ministério de Defesa do país, os helicópteros da Força Aérea encontram-se a sobrevoar as regiões mais afetadas. Esta quinta-feira realizaram 23 missões de auxílio para distribuir  mantimentos por aqueles que ainda não foram resgatados. 

A zona mais afetada é Saurashtra, onde várias habitações ruíram. O diário "Times Of India" relata que as cheias que assolam o país este verão são as mais intensas em 90 anos. As autoridades indianas dizem que as chuvas chegaram duas semanas antes da época prevista. 

Os agricultores estão entre os mais atingidos, com uma grande área de colheita danificada, relatou à BBC o ministro de Saúde de Gujarat, Nitin Patel. 

Numa medida de prevenção, as autoridades indianas emitiram um alarme para o estado de Caxemira - onde o ano passado as chuvas mataram cerca de 300 pessoas. O rio que cruza a capital deste estado, Srinagar, está a transbordar.

Peregrinações interrompidas
Por questões de segurança, as peregrinações às cidades santas do estado de Uttarakhand, onde há vários templos hindus, foram interrompidas.  

As pessoas não foram as únicas afetadas e desalojadas pelas chuvas. Há relatos de que os leões da floresta de Gir, na cidade de Junagadh, estado de Gurajat, estavam a abandonar o seu habitat. Estas florestas são a única casa dos leões asiáticos. 

As inundações são habituais na Índia entre os meses de junho e setembro, quando o país encontra-se em época de monção - as altas temperaturas do continente provocam movimentações de massas de ar, causando fortes rajadas de vento carregados de humidade vindas do oceano Índico.