Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

EUA abatem líder da Al-Qaeda no Iémen

  • 333

Nasir al-Wuhayshi "foi morto num ataque norte-americano com um drone que o tinha como alvo, tal como dois outros mujahedeen", que também morreram, indica a organização num vídeo divulgado na internet

A Al-Qaeda no Iémen confirma a morte do seu líder Nasir al-Wuhayshi, número dois da organização global jiadista, durante um ataque norte-americano com um drone. 

Através de um vídeo divulgado na internet, a Al-Qaeda na Península Arábica diz que escolheu Qassem al-Rimi como novo líder.


Nasir al-Wuhayshi liderava a Al-Qaeda no Iémen e era o número dois da organização global jiadista

Nasir al-Wuhayshi liderava a Al-Qaeda no Iémen e era o número dois da organização global jiadista

AFP/GettyImages

Wuhayshi "foi morto num ataque norte-americano com um drone que o tinha como alvo, tal como dois outros mujahedeen [combatentes]", que também morreram, indica o homem que surge a ler o comunicado no vídeo.

Segundo a "CNN", o ataque aconteceu na sexta-feira, na região de Hadramaut.

A Al-Qaeda na Península Arábica, uma das mais poderosas e ativas, foi responsável por várias conspirações contra os Estados Unidos, incluindo uma tentativa para fazer explodir um avião comercial no dia de Natal de 2009.

Wuhayshi, nascido em 1976, viajou para o Afeganistão em1998, onde conheceu Osama bin Laden, de quem foi secretário pessoal durante seis anos. Depois do 11 de setembro, refugiou-se no Irão, tendo sido nomeado número dois da organização em 2013.