Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Arcebispo Desmond Tutu apresenta queixa-crime contra a neta

  • 333

A neta lamenta que os avós, Nomalizo Leah (com quem nunca se deu bem) e Desmond Tutu não tivessem preferido tratar as coisas em privado

Oli Scarff / Getty Images

O herói da luta antiapartheid, que promoveu o perdão dos crimes dos afrikaners, não conseguiu agora conciliar um membro da sua família.

Luís M. Faria

Jornalista

Reconciliar os negros e os afrikaners pode ter sido difícil, mas fazer o mesmo com os netos parece ser ainda mais difícil. Tão difícil que o arcebispo Desmond Tutu, herói da luta antiapartheid, acaba de apresentar queixa na polícia contra a sua primeira neta, Ziyanda Palesa, a qual terá danificado propriedade pertencente aos avós.

Não foram avançados pormenores, mas o caso relaciona-se com uma luta familiar. Ziyanda reconheceu no Twitter que tinha sido acusada e garantiu que se vai entregar esta sexta-feira. Mas lamenta que os avós – Ziyanda atribui as culpas de tudo à mulher do arcebispo, Nomalizo Leah, com quem nunca se deu bem – não tivessem preferido tratar as coisas em privado. Eles é que têm o poder e o dinheiro, explica. “Estamos em guerra. Verdades vão ser reveladas”, promete.

Pela sua parte, os avós também lamentaram. “Estamos naturalmente angustiados e profundamente tristes”, disseram, sem acrescentar mais. A fundação que leva o nome dos dois diz que “espera e reza que a família consiga ultrapassar rapidamente este incidente”. Nos últimos dias, por acaso ou não, Tutu vem tweetando sobre o tema do perdão.