Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Bombista suicida mata sete pessoas na Nigéria

  • 333

A explosão deu-se na estação de autocarros de Damaturu, na zona nordeste da Nigéria. Morreram sete pessoas e outras 31 ficaram feridas.

Helena Bento

Jornalista

Uma bombista suicida fez-se explodir este sábado na estação de autocarros de Damaturu, na zona nordeste da Nigéria, matando sete pessoas e ferindo outras 31, segundo testemunhas e fontes hospitalares.

A jovem, com cerca de 12 anos, detonou o explosivo que transportava debaixo da roupa quando se aproximou da estação, segundo revelou uma testemunha, citada pelo "The Guardian". Das vítimas, seis tiveram morte imediata. Uma outra morreu no hospital. 

"Creio que ela reparou que os guardas estavam a revistar as pessoas nas portas de entrada e por isso decidiu provocar a explosão no meio da multidão, antes de alcançar os guardas", afirmou outra testemunha, um condutor de autocarro que se encontrava na estação e viu a jovem chegar.

O ataque ainda não foi reivindicado, mas as atenções estão centradas no grupo radical islâmico Boko Haram, que tem usado frequentemente raparigas como bombistas suicidas. 

O grupo islâmico recapturou recentemente a cidade estratégia de Marte, no estado de Borno, no noroeste da Nigéria, revelou também este sábado um responsável local. 

"É triste saber que Marte se encontra totalmente sob controlo dos rebeldes, o que para nós representa um retrocesso enorme", disse Alhaji Mustapha Zannah Said, vice-governador do estado de Borno, citado pelo "The Guardian". 

A cidade, localizada ao longo de uma rota comercial entre a Nigéria e os vizinhos Camarões e Chade, tem sido disputada por jiadistas e tropas do governo desde 2013.