Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Alto responsável do Estado Islâmico morto pelas forças especiais norte-americanas

  • 333

Na operação militar levada a cabo no leste da Síria, foi ainda capturada a mulher de Abu Sayyaf.

Numa operação militar levada a cabo no leste da Síria, as forças especiais norte-americanas mataram um alto responsável do autodenominado Estado Islâmico (Daesh), tendo capturado ainda a sua mulher, informou este sábado o secretário da Defesa, Ashton Carter.

Abu Sayyaf, que ajudou a dirigir operações militares e o contrabando de petróleo para o grupo radical "foi morto durante uma operação em confronto com forças norte-americanas", disse Carter num comunicado.

Segundo a Casa Branca, o Iraque colaborou nesta ação militar, diz o "The Guardian", que salienta também o facto de esta ser a primeira vez que os EUA fazem uma detenção no âmbito da luta contra o Estado Islâmico.

"A operação permitiu ainda libertar uma rapariga yazidi que parece ter sido mantida como escrava pelo casal. Pretendemos juntá-la com a sua família, logo que seja possível", disse ainda a porta-voz do Presidente Obama.

Quanto ao destino da mulher detida, parece não estar ainda decidido. A possibilidade de ser levada para Guantánamo foi desmentida, apenas tendo sido adiantado que esta se mantém no Iraque, "num lugar seguro".

(Atualizada às 16h30)