Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Estado Islâmico divulga gravação do seu líder pedindo a muçulmanos que emigrem

  • 333

Autenticidade do registo audio não foi confirmada, mas é atribuída a Abu Bakr al-Baghdadi, que os media diziam ter ficado ferido num ataque aéreo.

O autodenominado Estado Islâmico (Daesh) divulgou esta quinta-feira uma gravação audio, atribuída ao líder do grupo extremista, Abu Bakr al-Baghdadi, onde este exorta os muçulmanos a emigrarem para o

seu autoproclamado califado.

"Apelamos a todos os muçulmanos, em todos os lugares do mundo, para realizarem a hijrah (emigração) para o Estado Islâmico ou lutar na sua terra onde quer que seja", ouve-se na gravação.

Caso se confirme a autenticidade do registo, este será o primeiro emitido por Abu Bakr al-Baghadadi nos últimos seis meses. A última mensagem conhecida de Baghadadi foi divulgada em novembro.

Tal como no seu último discurso, a gravação agora lançada ocorre depois de a imprensa ter noticiado que o líder do grupo radical poderia ter ficado gravemente ferido durante um ataque aéreo.

"Não há desculpas para os muçulmanos que sejam capazes de realizar a hijrah para o Estado Islâmico ou para os que sejam capazes de transportar uma arma", disse no discurso, transcrito em cinco línguas. 

"Será que ainda não entenderam que, para vocês, não há força, nem honra, nem segurança, nem direito, exceto se estiverem na sombra do Califado", questioa Baghadadi.

Criticados são também os civis sunitas que fogem da luta na província ocidental de Anbar e que procuram refúgio em Bagdade e outras zonas controladas pelo Governo