Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Número dois do Estado Islâmico “morto em ataque aéreo”

  • 333

A informação está a ser avançada pela BBC, que cita o Ministério iraquiano da Defesa.

Abdul Rahman Mustafa Mohammed, o número dois na cadeia de chefia do autodenominado Estado Islâmico (Daesh), também conhecido como Abu Alaa al-Afri, morreu em sequência de um bombardeamento aéreo que atingiu uma mesquita de Tal Afar, cidade do norte do Iraque. A notícia é avançada pela BCC com base numa informação prestada pelo brigadeiro-general Tahsin Ibrahim, porta-voz do ministro da Defesa iraquiano.

Abu Alaa al-Afri estaria reunido na mesquita com dezenas de militantes que também terão morrido.

Alguns dados não confirmados indicavam que nas últimas semanas ele estaria a liderar temporariamente o Daesh, depois do número um, Abu Bakr al-Baghdadi, ter sido gravemente ferido a 18 de março num ataque aéreo lançado pela coligação liderada pelos Estados Unidos na Síria.

Fontes próximas do grupo radical haviam entretanto indicado ao “The Guardian” que o líder continuava em estado muito grave e que poderia não voltar a chefiar a organização.

  • Líder do Estado Islâmico continua em estado muito grave

    Fontes próximas do grupo radical confirmaram ao "The Guardian" que Abu Bakr al-Baghdadi pode não voltar a liderar o autoproclamado Estado Islâmico. O líder ficou ferido durante o ataque aéreo lançado a 18 de março pela coligação liderada pelos Estados Unidos.