Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Comboio vira-se em Filadélfia e causa cinco mortos

  • 333

BRYAN WOOLSTON/REUTERS

Ainda não se conhecem as causas do acidente, que lançou o caos na noite de Filadélfia. Comboio com 256 passageirtos descarrilou próximo da curva onde há décadas ocorreu um dos mais letais acidentes dos caminhos de ferro norte-americanos.

Pelo menos cinco pessoas morreram e 65 ficaram feridas, seis das quais em estado crítico, durante o acidente com um comboio que descarrilou numa zona dos subúrbios de Filadélfia, às 21h30 desta terça-feira (1h30 de quarta-feira em Lisboa), anunciou o mayor Michael Nutter.

“É um caos desastroso”, afirmou o presidente da Câmara na conferência imprensa de apresentação de dados sobre o sinistro, do qual ainda se desconhecem as causas ou mesmo a que velocidade seguia o comboio. “Nunca vi nada assim na vida”, acrescentou.

O comboio n.188, da companhia Antrak, que seguia de Washington D.C. para Nova Iorque com 243 pessoas a bordo. tinha seis carruagens, que se viraram, mais a da locomotiva, que se separou das restantes.

“A locomotiva está completamente separada do resto do comboio e uma das carruagens está perpendicular às restantes carruagens. É inacreditável”, referiu ainda Michael Nutter.

“De repente, tudo a começar a tremer. Vi a bagagem das pessoas a voarem sobre mim”, afirmou por seu turno, Paul Cheung, um funcionário da Associated Press, que se encontrava no comboio, por sorte numa das últimas carruagens, acabando por escapar ileso.

Apesar do cenário caótico, grande parte dos passageiros conseguiu abandonar o comboio pelo seu próprio pé, enquanto outros tiveram de ser retirados pelos bombeiros.

O descarrilamento aconteceu na zona onde ocorrera um mais mortais acidentes de comboios nos Estados Unidos, no Dia do Trabalhador de 1943, quando um comboio de 16 carruagens que transportava militares descarrilou próximo da mesma curva causando 79 mortos e 117 feridos.