Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Atenas recebe empréstimo interno de 600 milhões de euros

  • 333

Os 600 milhões de euros emprestados ficaram aquém das expectativas, uma vez que quando a ordem do governo de Alexis Tsipas foi dada apontava-se que seria possível reunir perto de 2000 milhões de euros

ALKIS KONSTANTINIDIS/Reuters

O Governo helénico anunciou esta terça-feira que recebeu dinheiro das instituições públicas e administrações locais. Trata-se de um empréstimo a curto-prazo.

Toda ajuda é bem-vinda. Depois de Yanis Varoufakis, ministro das Finanças, admitir uma crise de liquidez no prazo máximo de duas semanas, as entidades públicas e as administrações locais transferiram mais de 600 milhões de euros para o Banco da Grécia.

Esta terça-feira, Gavriil Sakellaridis, porta-voz do Governo de Atenas, anunciou que se trata de um empréstimo a curto-prazo. “Até ontem [segunda-feira], os governos locais transferiram 64,5 milhões de euros e as restantes entidades governamentais transferiram 535,8 milhões de euros para o Banco da Grécia, fazendo um total de 600,3 milhões de euros”, disse Sakellaridis, citado pelo jornal grego “Kathimerini”.

O empréstimo deste montante resulta de um recente ato legislativo para ajudar a lidar com a crise de liquidez da Grécia. Atenas pediu, no final de abril, que todas as instituições e administrações públicas realizassem a transferência das suas reservas de dinheiro para o Banco da Grécia.

O valor agora obtido ficou aquém das expectativas, uma vez que quando a ordem foi dada apontava-se que seria possível reunir perto de 2000 milhões de euros.