Siga-nos

Perfil

Expresso

Internacional

Autor do tiroteio na Suíça suicidou-se. Entre as vítimas estão os sogros e o irmão

  • 333

Todas as pistas apontam no sentido de uma disputa familiar estar na origem do crime em Wurenlingen, no norte do país, dizem as autoridades.

Cinco pessoas morreram sábado à noite num tiroteio na localidade suíça de Wurenlingen. A Polícia revela este domingo que o alegado autor se encontra entre as vítimas. Uma disputa familiar estará na origem deste caso.

O comandante da polícia do cantão de Argóvia, Michael Leutpold, confirmou em conferência de imprensa que o número de vítimas é definitivo.

Leutpold afirmou também que o agressor, de 36 anos, pai de três filhos e que havia sido condenado por outro problema no seu cantão de origem, Schwyz, se encontra entre as vítimas.

Acrescentou que todas as pistas apontam no sentido de uma disputa familiar estar na origem no crime.

Os mortos são um homem de 58 anos e uma mulher de 57, sogros do agressor, e um cunhado de 32 anos.

Outro homem de 46 anos, ainda não identificado, foi atingido e a polícia não sabe ainda se era um transeunte.

O homicida suicidou-se após cometer o crime, noticia a agência EFE. Estava separado da mulher, confirmou também a polícia.

O caso ocorreu numa zona residencial de Wurenlingen após as 23h00 locais (22h00 em Lisboa) e foram os vizinhos que avisaram a polícia depois ouvirem os disparos.